Frustrado, mas satisfeito – Brumadinho, MG – 15/05/2016, 08:45

Fim de semana especial, bem especial. Hoje é aniversário do meu pai e consegui conciliar um “findi” fantástico em família com o que mais gosto de fazer: competir! A prova foi a 2ª etapa da Copa Brou Trail Run e a ideia começou a ser construída já na primeira etapa dessa mesma prova, quando fiquei amarradão com a estrutura oferecida pela organização e com o restaurante que serviu como ponto de apoio para o evento. Saí do local já matutando sobre reunir minha família para a etapa deste findi.

O primeiro passo foi convencer minha irmã a experimentar uma corrida de montanha. Com os dois filhos competindo seria muito mais fácil atrair meus pais. Conversei com Lu e ela rapidamente topou participar. O passo seguinte foi consultar minha mãe e, com a resposta positiva dela, parti para o mais difícil que era convencer o velho a vir de ônibus passar só um fim de semana aqui em BH. Para a minha surpresa ele gostou da ideia sem pestanejar!

Reunião de família acertada, a cereja do bolo veio no treino de reconhecimento do local que a Brou Aventuras organizou. Após a corrida, conhecemos o espaço do restaurante Verde Folhas e descobri que eles têm uma pousada aconchegante por lá. Mais uma vez fui atrás da minha irmã e propus darmos de presente aos velhos um findi diferente, hospedados lá. Outra vez obtive êxito sem dificuldade e aí parti para a tarefa de organizar a logística para tornar realidade o passeio familiar.

Paralelamente a esses planos, montei com o Sr.Miyagi a estratégia para a competição e, diferente da primeira etapa, pedi para ser poupado de treino no sábado que antecedeu a prova. Dessa forma eu teria um dia inteiro para descansar e curtir minha família e na “hora do vamo ver” estaria com o gás todo para competir.  Todo esse cenário me deixou bem motivado para dar o meu melhor e fixei na minha cabeça que largaria “com a faca entre os dentes”, sonhando com um pódio na minha categoria.

Durante a semana o Sensei fez questão de conversar comigo e com o Mutante e sugerir a estratégia de prova. Baseado nas orientações dele, me preparei para um bom aquecimento antes da largada e procurei me posicionar bem, para tentar largar num ritmo mais forte que na etapa anterior. Eu sabia que não deveria, e nem conseguiria, iniciar no ritmo alucinante do grupo da frente. Aliás, sabia inclusive que não conseguiria sequer acompanhar o próprio Sensei ou o Mutante. Mas não poderia largar na moleza e deixar para apertar o ritmo só no decorrer da prova, pois isso eliminaria qualquer chance de atingir meu objetivo.

O que planejei foi cumprido quase à risca. Apesar de ter dormido no local da competição, perdi tempo com o café da manhã (que não foi servido tão cedo) e mais tempo ainda me deslocando para buscar meu kit que estava com a equipe SouUltra. Isso quase avacalhou minhas pretensões. Saí para aquecer com o tempo contado para percorrer 2km, o que já seria razoável, mas bem menos do que eu estava pretendendo. Senti bem durante esses 2km e alinhei para a largada a poucos minutos do início. Quando a disputa começou, saí em bom ritmo, procurando me posicionar em algum grupo que estivesse correndo forte, mas sem deixar “fundir o motor” logo de cara.

Aos poucos fui deixando para trás uma quantidade razoável de concorrentes, mas, por um erro de estratégia, acabei optando muito cedo por moderar o ritmo e marcar um grupo que eu acreditava estar forte. Como não conhecia o percurso todo, projetei que conseguiria correr na maior parte do trajeto, mesmo nas subidas mais íngremes, e esse seria meu diferencial. Me enganei feio!

Lá pelo km 10 chegamos ao ponto decisivo da prova. Uma serra (o maldito Morro do Cachorro) com uma subida pesadíssima, tanto do ponto de vista técnico, quanto físico, pois o caminho que nos levava morro acima era um single track extremamente inclinado. Comecei a caminhar, mas segui fazendo força, concentrado no meu objetivo de chegar ao pódio. Busquei um ou outro atleta e estava empolgado com o ritmo forte e consistente da minha caminhada. Só que a subida insistia em não acabar e a dificuldade técnica da trilha também só aumentava. Isso foi minando meu psicológico e aos poucos diminuindo minha empolgação. Para completar, perdi umas duas ou três posições e passei a ter a percepção que não estava me saindo muito bem…

Como tudo que sobe tem que descer, em um determinado momento finalmente a descida chegou. Mas o panorama da prova não melhorou para mim. Estressado com a dificuldade da subida, não tive ânimo para correr risco descendo rápido por um caminho bastante exigente. Acabei descendo devagar e perdi um tempo precioso e importante para a minha pretensão de pódio. Só quando a inclinação da descida aliviou que me senti confiante para “socar a bota” novamente.

correBorem0116

Fiz bastante força nos quilômetros finais e, apesar de ter me perdido no caminho, recuperei um pouco do tempo perdido. Entre os km 15 e 16 entrei numa parte já conhecida do percurso, um single track que havia feito “no gás” no treino de reconhecimento da Brou Aventuras, e aproveitei esse conhecimento para buscar alguns adversários. Tão logo saimos da trilha fechada, deixei meus oponentes em um posto de hidratação e tratei de pisar no acelerador para garantir que eles não me vissem mais.

Cheguei ao fim da prova um pouco frustrado por ter praticamente certeza que não conquistaria o tão sonhado pódio, mas ainda assim cheguei feliz por ver meus pais na linha de chegada. E dada a dificuldade da serra que encaramos, considero que fiz uma boa prova, principalmente pelo aprendizado que ela me proporcionou. No final das contas, fiquei em 16º geral e 8º na categoria, a 3 min do 5º lugar que renderia um troféu. Foram 17km em 1:59’10” e absurdos 851m de ganho de elevação, um número bastante considerável dada a distância percorrida. O mais importante de tudo, foi viver esse fim de semana conciliando o esporte que é minha paixão, aprendizado com as dificuldades que enfrentei e momentos inesquecíveis com minha família que tanto amo!

Clique aqui para ver esse treino no Strava.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s